Ensino de Sociologia

Licenciatura em Ciências Sociais e Sociologia no Ensino Médio
Subscribe

Estágio III – 2013

Disciplina Estágio Supervisionado III – 2013

Professores responsáveis: Henrique Zoqui Martins Parra & Valéria Macedo

Objetivo geral

  • Investigar, experienciar e desenvolver metodologias e práticas de ensino de ciências sociais na intersecção de processos educacionais formais e informais, escolares e extra-escolares, mediante a realização de projetos de intervenção educacional.

Objetivos específicos

  • Problematizar e experienciar as relações entre pesquisa e ensino na ação educativa.

  • Investigar as inter-relações entre cultura, educação, política, história e o espaço social como recursos educacionais.

  • Reconhecer as relações entre linguagens específicas (fotografia, video, multimídia) e seus modos de conhecimento e expressão.

  • Experienciar e desenvolver metodologias de pesquisa situacional e cartografias sócio-culturais.

  • Desenvolver e executar projeto de intervenção em contexto/situação educacional.

 

Ementa

  • Reflexões e desenvolvimento de ações educativas em escolas e em novos espaços de atuação profissional do cientista social no universo da educação (museus, ONGs, cursinhos populares, movimentos sociais, entre outros). O professores responsáveis pela disciplina irão selecionar eixos temáticos a serem trabalhos na dimensão teórica e prática mediante o desenvolvimento de Projetos de Estágio que compreendem os seguintes momentos: (1) Formação; (2) Pesquisa e diagnóstico; (3) Co-elaboração e discussão coletiva dos projetos; (4) desenvolvimento da proposta; (5) Avaliação; (6) Sistematização e compartilhamento dos conhecimentos produzidos.

 

Carga horária

  • 50hs em campo registrado na ficha de Estágio (escolas e/ou visitas a ONGs, museus);
  • 85hs (distribuídas entre formação/orientação/seminário/preparação projeto)

  • Total: 135hs

Metodologia

  • Discussão de referencial teórico: análise de casos concretos, co-elaboração de portfolio, projeto e relatório; orientação/supervisão; ações no campo de estágio, produção de material didático e paradidático; uso de tecnologias de comunicação.

 

Avaliação: produção de portfolio com sistematização de todo o processo de pesquisa de campo e realização da intervenção, contendo:

  • Documentação e sistematização de campo.
  • Projeto de Intervenção Educacional.
  • Relatório Final e recursos educacionais produzidos.

 

Recursos Disponíveis:

  • Site de apoio à disciplina: Ensino de Sociologia http://ensinosociologia.pimentalab.net
  • Modelos para Pesquisa de campo, projeto de intervenção e relatório do estágio: https://ensinosociologia.milharal.org/restrito/modelos-e-roteiros/

Cronograma

Aula 1 – 24 de outubro

Semana de Ciências Sociais

Aula 2 – 31 de outubro – Apresentação e Organização da disciplina.

Mapeamento das inserções atuais (escola, centros culturais, ongs, etc).

Discussão dos campos de estágio.

Formação dos grupos:

  • para escola e instituições até duas pessoas;

  • espaços públicos e não institucionais até quatro pessoas.

Aula 3 – 7 de novembro – Atividade de campo

Criação portfolio e registro das informações.

Mapeamento 1: resultado deste levantamento deverá ser apresentado na aula seguinte.

  • local escolhido para desenvolvimento do projeto;

  • breve descrição do local e da situação escolhida;

  • descrição do público;

  • questões iniciais para problematização.

Aula 4 – 14 de novembro –Conhecimento sensível, saber da experiência e cartografias.

Bibliografia:

LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, n°19, 2002. Disponível em: http://redalyc.uaemex.mx/src/inicio/ArtPdfRed.jsp?iCve=27501903

PARRA, H. Z. M. . Educação Expandida e Ciência Amadora: primeiros escritos. In: Cláudio Benito Oliveira Ferraz, Flaviana Gasparotti Nunes. (Org.). Imagens, Geografias e Educação: intenções, dispersões e articulações. 1ed.Dourados: Ed.UFGD, 2013, v. , p.  79-102. Disponível em: http://hp.pimentalab.net/txt/educacao-expandida-ciencia-amadora-henrique-parra-2013.pdf

Complementar:

SANDEVILLE JUNIOR, Euler. Paisagens e métodos. Algumas contribuições para elaboração de roteiros de estudo da paisagem intra-urbana. Paisagens em Debate, FAU.USP, v. 2, p. 1, 2004. Disponível em: http://espiral.net.br/e-arquivos/e-publicacoes/2004paisagemmetodo.pdf

PASSOS, E. & KASTRUP, V. & ESCÓSSIA, L.. [Capitulos selecionados]. Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009.

Estudo de Caso: projetos de intervenções de coletivos artísticos.

Aula 5 – 21 de novembro – Atividade no campo de estágio

Pesquisa e produção do portfólio.

Mapeamento 2: resultado deste levantamento deverá ser apresentado na aula seguinte.

  • Documentação fotográfica ou audiovisual sobre o espaço, público e dinâmicas do local.

  • Dados e material empírico sobre o local/situação: mapas, estatísticas, reportagens, referencial bibliográfico.

Aula 6 – 28 de novembro – Antropologia simétrica e políticas da diferença

Bibliografia:

GOLDMAN, Márcio e VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Abaeté. Rede de antropologia simétrica: Entrevista. Cadernos de campo 14(15), 2006. Disponível em: http://revistas.usp.br/cadernosdecampo/article/download/50105/54225‎

TUPÃ, Marcos. Monumento à resistência do povo guarani, 2013.Disponível em: http://ensaiosimperfeitos.blogspot.com.br/2013/10/monumento-resistencia-do-povo-guarani.html.

DURHAM, Jimmie. Vandalism, 2013. Disponível na página da UC Estágio III.

CENTRO de ESTUDOS AMERÍNDIOS/USP. Carta Pública em Defesa dos Direitos do Povo Guarani, 2013. Disponível na página da UC Estágio III.

Complementar:

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. O nativo relativo. Mana 8/1. Rio de Janeiro, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-93132002000100005&script=sci_arttext

GOLDMAN, Márcio. Os tambores do antropólogo: antropologia pós-social e etnografia. Disponível em: http://n-a-u.org/pontourbe03/Goldman.html

Estudo de caso: Mobilizações dos índios Guarani em São Paulo no ano de 2013 com rede de colaboradores antropólogos e ativistas. Filme Tava, de Ariel Ortega Karai Poty.

Aula 7 – 5 de dezembro – Atividade no campo de estágio.

Pesquisa e produção do portfolio.

Mapeamento 3: resultado deste levantamento deverá ser apresentado na aula seguinte.

  • Entrevistas – registro fotografia, áudio e/ou audiovisual.

  • Registro de observação de campo e análise da dinâmica local.

  • Identificação de temas/problemas relevantes para o local/situação.

Aula 8 – 12 de dezembro– Sociologia do Cotidiano, Visualidades e Conhecimento Sensível

Bibliografia:

MARTINS, J.S.. O Senso Comum e a Vida Cotidiana. Tempo Social, v.10, n.1.Departamento de Sociologia – FFLCH-USP, São Paulo, maio de 1998, pp.1-8.

MACDOUGALL, David. Significado e Ser. In: Barbosa, Andréa & Cunha, Edgar & Hikiji, Rose (orgs.). Imagem-Conhecimento. Antropologia, Cinema e outros diálogos. Campinas: Papirus, 2009.

Complementar:

BOSI, Alfredo. Fenomenologia do olhar. In: NOVAES, Adauto (Org.). O olhar. São Paulo: Companhia das Letras, 1988. p. 65-87.

Estudo de Caso: Projetos de Documentação Visual na interface arte-ciência e/ou antropologia visual.

Aula 9: 19 de dezembroAtividade no campo de estágio

Pesquisa e produção do portfólio.

Mapeamento 4:

  • Pesquisa do referencial teórico que será utilizado;

  • Estudo das linguagens e comunicação que será adotada.

  • Produção de materiais que poderão ser utilizados na intervenção.

ATENÇÃO: entrega do portfólio com esboço do material.

*** Recesso final de ano ***

Aula 10 – 23 de janeiroApresentação dos Projetos e Portfolios

Aula 11 – 30 de janeiroAtividade no campo de estágio.

Execução do projeto e sistematização.

Aula 12 – 06 de fevereiro – Transposição e Recontextualização Didática

Bibliografia:

BERNSTEIN, B., (1996a). A estruturação do discurso pedagógico: classe, códigos e controle. Petrópolis: Vozes.

CHERVEL, A. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria e Educação. Porto Alegre, nº 2, p. 177-229, 1990.

FORQUIN, Jean Claude. Saberes escolares, imperativos didáticos e dinâmicas sociais. Teoria e Educação. Porto Alegre, n. 5, p. 28-49, 1992.

SANTOS, L. L. de C. P. História das disciplinas escolares: perspectivas de análises. Teoria e Educação, Porto Alegre, n. 2, p. 21-29, 1990.

Aula 14: 20 de fevereiro – Apresentação e discussão dos Projetos Realizados

Entrega dos Portfolios = Relatorio Final e Produtos (videos, fotos, mapas, textos).

Aula 15: 27 de fevereiro – Apresentação e discussão dos Projetos Realizados e

Avaliação coletiva da disciplina.

Comments are closed.